Bruxelas está a ponderar remover sanções a alguns cidadãos russos – Invasão da Ucrânia

A União Europeia está a ponderar remover sanções impostas a alguns indivíduos russos com ligações a Moscovo, depois dos advogados da União terem encontrado indícios que mostram que estas medidas poderão ter sido impostas sem fundamentação suficiente, avança a Bloomberg.

Mais de 30 indivíduos russos sancionados pela UE têm recorrido aos tribunais de Bruxelas, pedindo a sua remoção da lista de sanções. Na quarta-feira os embaixadores da UE foram informados pelo gabinete legal de que muitos destes pedidos indicavam que a justificação para as sanções eram provenientes de informação falsa, antiga ou mesmo errada.

A retirada das sanções a estes cidadãos requer o apoio dos Estados-membros e alguns diplomatas pediram ação rápida após a reunião desta quarta-feira. Ainda assim, esta nova reavaliação é uma sobre uma pequena proporção dos indivíduos sancionados, já que, desde o inicio da guerra, a União Europeia tem aplicado sanções a centenas de indivíduos com ligações ao Kremlin.

Bruxelas estará agora a preparar uma nova lista de 50 pessoas e entidades, como parte de uma nova leva de sanções a ter lugar na próxima semana.





Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.