Eduardo dos Santos. Perderam-se todas as esperanças diz um funcionário do Governo angolano – Angola

A opinião de Luís dos Santos, irmão mais novo de José Eduardo dos Santos, será fundamental para que a família tome uma decisão sobre os próximos passos que devem ser dados para lidar com o estado de saúde irreversível em que se encontra o antigo chefe de Estado angolano.

Num áudio que está ser amplamente divulgado na rede social Wathsapp, uma pessoa que se se presume ser funcionário do Governo de Angola informa o “chefe” que se “perderam todas as esperanças” relativas a uma eventual recuperação de José Eduardo dos Santos. “Só se está à espera” que Luís dos Santos chegue para “decidir já”, informa.

Segundo o mesmo interlocutor, só se está à espera do “tio Luís” chegar para se desligar a máquina que mantém Eduardo dos Santos ligado à vida. Luís dos Santos, que durante muitos anos foi administrador da TAAG, deverá ter uma reunião com Nito Cunha, o médico João Afonso e a direção da clínica para Teknon para comunicarem a situação ao Presidente da República.

O funcionário do Executivo angolano informa ainda sobre acontecimentos mais mundanos, relatando que Isabel dos Santos retirou todo o mobiliário da vivenda em Barcelona que estava a ser ocupada pelo seu pai. “Isabel tirou tudo o que havia comprado em 2019. Cadeirões, cama, fogão, tudo, tudo… Mandou vir um camião e carregou tudo. Ela tinha comprado tudo e agora mandou tirar tudo”, descreve. Nesta medida, relata, terão que recuperar os móveis originais da casa que estão guardados na cave “cheios de poeira”.

“Tem que se pôr as coisas que já andam desde 2019 na cave, têm de se colocar na sala e nos quartos para a dona Ana Paula e as outras famílias dormirem. Ela levou tudo o que tinha comprado”, acrescenta.

O que se seguirá após o óbito de José Eduardo dos Santos ainda é uma incerteza. Tchizé dos Santos tem garantido que o pai não será enterrado em Angola, mas as dúvidas persistem. Mesmo que Tchizé e Coréon Du, filhos de Maria Luísa Abrantes, Isabel dos Santos, filha de Tatiana Kukonova, e José Filomeno dos Santos, filho de Filomena Sousa, se oponham à trasladação de Eduardo dos Santos para Lunda, a realidade é que e existem mais quatro filhos (do casamento com Ana Paula dos Santos) com os mesmo direitos, a própria mulher e os irmãos do antigo presidente angolano que podem ter opinião contrária.

Uma fonte que tem acompanhado a situação diz ao Negócios que se trata de uma “luta feia”, enquanto outra diz que o “espalhafato” criado por Tchizé dos Santos “é só para criar ruído e levantar dúvidas”.





Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.