Educação pagou 1,3 milhões por net que não estava a ser usada – Educação

Os “hotspots” e serviços de conectividade contratualizados para serem entregues aos alunos na primeira fase de distribuição de computadores nas escolas começaram a ser pagos logo que os equipamentos chegaram aos estabelecimentos de ensino, quando ainda nem sequer tinham sido entregues aos alunos e muito menos estavam a ser usados. Ao todo, uma fatura de 1,3 milhões de euros a mais, estima o Tribunal de Contas (TdC) na sequência de uma auditoria realizada à…

Negócios Premium


Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone

  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;






Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.