Em ‘Memoria’, um dos diretores mais interessantes do cinema contemporâneo trata de obsessão por som | Eu &


Assim como “Crimes of the Future”, de David Cronenberg, “Memoria”, de Apichatpong Weerasethakul, ganha lançamento em algumas salas de cinema antes de chegar ao streaming, graças a um acordo entre a plataforma Mubi e a distribuidora O2Play. São poucas salas, mas ainda assim trata-se de uma iniciativa a se festejar, em um momento em que tudo parece dizer que apenas os grandes blockbusters têm possibilidade de chegar aos cinemas. E esses dois filmes, em especial, precisam da experiência imersiva da tela grande e de um som espacial de qualidade para serem adequadamente apreciados.



Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.