Grupo armamentista é denunciado ao Ministério Público por suposto sorteio de armas | Política


O presidente do Proarmas, o advogado Marcos Pollon, foi denunciado ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público do Distrito Federal por supostamente ter realizado um sorteio de armas em um encontro do grupo, ocorrido no dia 9 deste mês, em Brasília.



Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.