O Assunto #744: Boris Johnson sob pressão | O Assunto


O primeiro-ministro do Reino Unido perdeu, apenas nos últimos dois dias, mais de 40 integrantes de seu governo. A debandada e as críticas crescentes de aliados do próprio partido vêm após a revelação de que Boris Johnson sabia desde 2019 das denúncias de abuso sexual contra um de seus aliados e que, mesmo assim, o promoveu e disse não saber de nada. A nova crise é apenas mais uma da série de inverdades descobertas sobre o mandato do premiê conservador, conta o jornalista Ernani Lemos, chefe do escritório da Globo na Europa. Em conversa com Natuza Nery direto de Londres, Ernani descreve o premiê como um “narcisista inveterado”. Considerado oportunista pela opinião pública, o que explica parte de sua resiliência para se manter no cargo, está também o desprendimento em descartar aliados de acordo com a conveniência. “As escolhas dele foram mostrando que o projeto era só de poder”, explica. Segundo Ernani o futuro do arranjo do comando britânico é imprevisível, pelas características do líder do Partido Conservador. Mas nenhuma mudança de rumo a curto prazo é provável. Em posições urgentes, como a guerra da Ucrânia, relação com União Europeia e o combate à pandemia, os partidos são unidos: “o país deve continuar na mesma direção, independente de quem seja o comandante”, conclui.

O que você precisa saber:

O podcast O Assunto é produzido por: Mônica Mariotti, Isabel Seta, Tiago Aguiar, Lorena Lara, Gabriel de Campos, Luiz Felipe Silva, Thiago Kaczuroski, Gustavo Honório e Eto Osclighter. Hoje na apresentação: Natuza Nery.



Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.