Salário não basta para segurar profissionais de TI e de serviços financeiros | Carreira


O levantamento foi realizado pela startup de viagens corporativas Férias & Co. Dentre as opções sugeridas pela pesquisa, 88% dos entrevistados disseram que gostariam de contar com benefícios envolvendo viagens, 72% com bolsas de estudos, 48% para uso de academias e 45% com assistência para fazer terapia.

Bruno Carone, cofundador da Férias & Co, diz que vem recebendo muitos contatos de empresas que precisam criar diferenciais para manter seus funcionários e atrair novos talentos. Atualmente, 75% do quadro de clientes da startup é formado por empresas do setor de tecnologia. “Os pacotes de benefícios tradicionais, que muitas vezes atendem apenas um determinado nicho de colaboradores, não são mais suficientes. Tem também a questão da saúde mental, e aí vemos a preferência dos entrevistados por querer viver novas experiências fora do trabalho com amigos e famílias, e também por assistência psicológica.”



Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.