Stephen King depõe contra fusão entre as editoras Penguin e Simon & Schuster

[ad_1]

Segundo o autor de “Carrie” e “It”, a fusão enfraqueceria a concorrência na indústria editorial e pode tornar mais difícil para os autores novatos publicarem um livro O autor best-seller de terror Stephen King testemunhou contra a proposta de aquisição de US$ 2,18 bilhões da Penguin Random House pela Simon & Schuster, dizendo que isso enfraqueceria a concorrência na indústria editorial. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

[ad_2]

Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.