Transparência por onde andas? – Luís Miguel Henrique

[ad_1]

Lá diz o velho ditado que “… à mulher de César não basta ser séria, tem de o parecer”. Este velho ditado remete-nos para a ideia de que devemos sempre agir de uma forma que nos apresente acima de todas as suspeitas, mesmo que nada de errado tenhamos feito. Com efeito, o ministro das Finanças tem, no mínimo, parecido pouco sério nos nomes que tem escolhido. As recentes nomeações feitas de António Furtado

Negócios Premium


Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone

  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;




[ad_2]

Source link

Deixe o seu comentário


O seu endereço de email não será publicado.